121 anos da Restauração do Concelho de Marvão e a expectativa que “continue a afirmar-se como concelho” (c/som e fotos)

No passado dia 24 de Janeiro, a localidade de Marvão, no distrito de Évora assinalou o 121º aniversário da Restauração do Concelho.

Esta efeméride foi assinalada, ao final da tarde, na Câmara-Velha – Casa da Cultura, onde proferiram-se algumas palavras através do Presidente da Assembleia Municipal, Jorge Marques, e do Presidente da Câmara de Marvã,o Luís Vitorino, a que se seguiu um apontamento histórico sobre a Restauração do Concelho, a cargo de Teresa Nunes (Doutorada em História, na especialidade de História Contemporânea, pela Universidade de Lisboa).

Neste evento actuou o “Marvão Jazz Duo” (Tom Lehrecke – guitarra/voz e José Conde – baixo elétrico) que transportaram o público presente para os grandes clássicos do jazz, num ambiente relaxado. Às 20:00, em todas as freguesias do concelho e na entrada do Castelo de Marvão, assistiu-se a um apontamento pirotécnico, com que se encerrou esta comemoração do 121º aniversário da Restauração do Concelho de Marvão.

ODigital.pt falou com o Presidente da Câmara de Marvão, Luís Vitorino, que referiu que este dia “é um marco na história de Marvão, são 121 anos desde que voltou a ser concelho, é muito importante para os marvanenses e mais do que nunca temos que assinalar esta data como sendo um marco histórico”.

O autarca destaca que estas comemorações ganham outra importância “numa altura em que os desafios da descentralização, das novas dinâmicas municipais que aí vêm, a inter- municipalidade, é muito importante que Marvão continue a afirmar-se como concelho, que tenha viabilidade, sustentabilidade económica, no futuro. E que aqui continue a haver uma vida económica, uma vida social, uma vida financeira, tenhamos independência. E é para isso que aqui estamos hoje, para festejar isso e para darmos continuidade a esta senda que nos deixaram há 121 anos.”