50 trabalhadores ilegais e três suspeitos de tráfico de pessoas, em mega operação do SEF na vila de Cuba

Na madrugada do passado dia 26 de Fevereiro, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) realizou uma operação de fiscalização na vila de Cuba, no distrito de Beja, em que foram cumpridos dois mandados de busca domiciliária, 15 buscas a viaturas, apreendido diverso material e constituídas arguidas três pessoas e uma empresa, por suspeitas da prática de crimes de auxílio à imigração ilegal e associação de auxílio à imigração ilegal.

De acordo com o SEF, “a investigação “Cuba Libre”, que decorreu nos últimos dois meses, foi coordenada pelo ministério Público da comarca de Moura e a operação, que envolveu um total de 26 efetivos, foi efetuada por elementos da Direção Central de Investigação do SEF, em colaboração com a Delegação Regional de Beja, e contou ainda com o apoio da GNR.”

No decurso da ação policial foram identificados cerca de cinco dezenas de trabalhadores agrícolas, globalmente oriundos de países do leste europeu, trabalhadores que se encontravam, na sua maioria, em situação irregular em território nacional.

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras continua fortemente empenhado no combate ao tráfico de pessoas, ao auxílio à imigração ilegal e à exploração laboral de migrantes em todas as suas vertentes.