600 mil euros para Politécnico de Portalegre investigar a conversão de resíduos em hidrogénio

A Comissão Europeia aprovou, recentemente, um financiamento de 600 mil euros para o projecto do Politécnico de Portalegre, que estuda a conversão de resíduos em hidrogénio.

O Politécnico de Portalegre, através do seu centro de investigação Valoria, soma mais um projecto aos cerca de 30 que tem actualmente em curso.

Pode aceder ao recurso Betting tips e assim poderá ter um nova solução

O projecto “Waste2H2 – Waste to Hydrogen”, submetido em Novembro de 2019 ao concurso Twinning, no âmbito do programa Widening do Horizonte 2020, foi um dos 13 projectos portugueses aprovados recentemente pela Comissão Europeia, recebendo um financiamento de cerca de 900 mil euros.

Liderado por uma equipa de investigadores do Politécnico de Portalegre, integra parceiros de três países diferentes: Kungliga Tekniska Högskolan – KTH – Royal Institute of Technology, da Suécia; ENEA – Italian National Agency for New Technologies, Energy and Sustainable Economic Development, da Itália, e KIT – Karlsruhe Institute of Technology, da Alemanha.

O projecto “Waste2H2” tem como objectivo realizar actividades de investigação e desenvolvimento tecnológico na área da conversão de resíduos em hidrogénio por tecnologias de gasificação térmica, promovendo um conjunto de actividades de transferência de conhecimento, criando oportunidades de networking e de colaboração entre as instituições e as empresas dos países envolvidos.

Esta informação também lhe pode interessar: https://casino-frank.pt/jogos

O mais visto