82ª Volta a Portugal em Bicicleta adiada para 2021

Foto: D.R.

A Podium Events e a Federação Portuguesa de Ciclismo anunciaram, esta quarta-feira, que decidiram adiar a 82ª Volta a Portugal em Bicicleta Santander para 2021.

A decisão foi motivada pelo contexto de pandemia gerado pela COVID-19 que tornou inviável a realização este ano de um evento desta dimensão.

O comunicado emitido refere que, “a estreita colaboração e empenho das duas entidades na tentativa de viabilizar a organização da prova acabou frustrada após ter sido apresentado à Direção Geral de Saúde (DGS) um plano de contingência que foi objeto de alterações por parte desta entidade, as quais dificultam seriamente a realização do evento nos moldes habituais.”

A organização refere ainda que “a evolução da pandemia, o estado de incerteza sobre a mesma, assim como a recusa de autorização de passagem e permanência da prova por parte de algumas autarquias, e, atendendo à prioridade inequívoca de proteger a saúde pública com base nas recomendações da DGS, a Podium e a Federação, após avaliadas todas as condições sanitárias e de segurança que um evento de massas como a Volta exige, são forçadas a concluir que não se encontram reunidas as condições para a realização da 82ª Volta a Portugal Santander este ano.”