“A segurança não será total, mas é muito boa”, diz Delegada Regional de Educação sobre as escolas do Alentejo (c/som)

Nas últimas semanas, a nível nacional, têm sido registados vários casos de insegurança nas escolas portuguesas, nomeadamente com agressões a alunos, professores e até mesmo a funcionários das escolas.

ODigital.pt foi saber, junto da Delegada Regional de Educação do Alentejo, Maria João Charrua, como está o Alentejo em termos de segurança e se se têm registado casos de violência nos estabelecimentos de ensino alentejanos, tendo a Delegada afirmando que “ao nível do Alentejo não tenho informação de episódios como aqueles que têm sido relatados na comunicação social, pese embora exista falta de um funcionário ou outro, de assistentes operacionais, mas não temos tido relatos desse tipo de situações. Posso dizer que a segurança não será total, mas é muito boa.”

Relativamente à falta de funcionários Maria João Charrua salienta que “há algum registo, sobretudo de pessoas que estão de baixa médica, porque o corpo dos assistentes operacionais é um corpo que está a ficar envelhecido, e como é normal a idade traz problemas de saúde. E é sobretudo por aí e não por falta de funcionários efectivamente, em termos do chamado rácio mas tem mais a ver com a saúde das pessoas.”

O mais visto