Administração do Porto de Sines activa o Plano de contingência para emergências de Saúde Pública

A Administração do Porto de Sines anunciou que, em articulação estreita com as autoridades competentes, foram tomadas diversas medidas relativas à epidemia causada pelo “COVID-19”, na sequência das orientações recebidas da Autoridade de Saúde local.

De acordo com a informação enviada, “foi activado o Plano de contingência para emergências de Saúde Pública com fundamento na citada epidemia, publicitado através da Janela Única Portuária (JUP), da divulgação simultânea por todos os operadores portuários, agentes de navegação e serviços da Autoridade Portuária, particularmente, os que têm a responsabilidade de intervenção a bordo dos navios. Foram igualmente reforçadas as boas práticas comportamentais e de prevenção, incluindo a colocação e divulgação de cartazes em locais estratégicos na área portuária.”

A empresa informa ainda que foram adquiridas mascaras suplementares de protecção filtrante máxima que reforçam os fatos de protecção descartáveis, luvas e óculos prontos para utilização, bem como o reforço da disponibilização de desinfetante líquido para mãos.

Recomendado