Alojamentos locais e hotéis disponibilizam mais 4.500 camas para alojamento de estudantes do ensino superior

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior anunciou, esta segunda-feira, que cerca de mais 4500 novas camas serão disponibilizadas em todo o país para os estudantes do ensino superior através de pousadas da juventude, alojamentos locais e hotéis, representando um aumento de 16% face ao total de camas disponibilizadas no ano letivo anterior.

Segundo a informação disponibilizada, “este processo resultou dos acordos estabelecidos com a Movijovem e várias estruturas representativas de unidades hoteleiras e de alojamento local, os quais permitem disponibilizar alojamentos para os estudantes até ao final do ano letivo de 2020/2021 em condições de conforto, qualidade e segurança.”

O Governo refere que será “um total de mais de 18 mil camas que passam, assim, a ser disponibilizadas (eram cerca de 16 mil em 2019/20 e 15 mil no ano letivo 2017/2018), incluindo a capacidade revista nas residências de estudantes, resultante das adaptações estabelecidas pelas autoridades de saúde no atual contexto de pandemia”

Os acordos estabelecidos com a Movijovem e as várias estruturas representativas de unidades hoteleiras e de alojamento local fixam ainda valores de mensalidades indexados aos complementos de alojamento para bolseiros deslocados, de acordo com a tabela que de seguida mostramos:

Como já referimos a capacidade das residências foi revista em baixa, com uma diminuição da capacidade instalada do número de camas na ordem dos 15%, como mostra os dados seguintes: