“Arraiolos tem muita potencialidade em termos de produtos endógenos”, diz autarca na abertura da Mostra Gastronómica (c/som e fotos)

A partir desta sexta-feira, 25 de Outubro e até dia 3 de Novembro, a localidade de Arraiolos, no distrito de Évora recebe mais uma edição da Mostra Gastronómica e Tapetes de Arraiolos – Festival da Empada Arraiolos.

Os pratos típicos, a “Empada de Arraiolos ®”, bem como o “Tapete de Arraiolos” artesanato com séculos de história e origem em Arraiolos, são o tema principal deste certame que terá mais de duas dezenas de expositores, com destaque para os restaurantes e tasquinhas, que propõem na sua ementa o melhor da cozinha arraiolense, os vinhos e os queijos do concelho.

Durante a Feira do Tapete está patente o “Maior tapete de Arraiolos feito em Arraiolos” – 120 m2 de tela; 210 kg de lã; 47m de franja; 4 639 088 de pontos, manufaturado por bordadeiras de Arraiolos, nesta vila alentejana.

A cerimónia inaugural realizou-se ao final da tarde desta quinta-feira, em que esteve presente o actual Presidente da Câmara Municipal de Arraiolos, Jorge Macau, bem como o restante executivo, o Presidente da Assembleia Municipal de Arraiolos, Jerónimo Loios e ainda João Cavaleiro Ferreira, da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo.

Em declarações à imprensa, o actual Presidente do Município de Arraiolos, Jorge Macau, começou por referir que “este ano fizemos algumas alterações com vista ao melhoramento, quer aos praticantes quer a quem nos visita, introduzimos o conceito de tasquinha, pois até ao momento só tínhamos restaurantes e este ano temos duas tasquinhas e houve também alterações ao nível do artesanato e temos exposto o maior tapete de Arraiolos do mundo.”

Relativamente a este ser um evento onde se divulgam vários produtos característicos desta região, o autarca refere que “Arraiolos tem muita potencialidade em termos de produtos endógenos, por exemplo temos o Queijo da Vinha, que recebeu o prémio de melhor do mundo, os vinhos de qualidade, mesmo os outros produtos como os doces conventuais e claro a empada que tem o seu lugar de destaque.”

Já sobre a Empada de Arraiolos e a sua certificação o edil salienta que “consideramos e sabemos que a empada é única, como o tapete de Arraiolos, resolvemos registar a sua marca de forma a salvaguardar a forma como é confeccionada e ao mesmo tempo valorizando-a”.

Clique aqui para ver o programa completo deste certame