Bebé de 29 dias infectado com Legionella. Hospital de Évora diz que “os resultados laboratoriais não são conclusivos”

Após várias notícias que esta sexta-feira davam conta de um bebé, com 29 dias, que tinha sido contagiado com a bactéria da Legionella, no Hospital do Espirito Santo de Évora, a Administração da Unidade de Saúde veio a público informar que a criança “está internada há dois dias com um quadro de infeção respiratória ligeira” e que “os resultados laboratoriais não são conclusivos”.

De acordo com o comunicado o hospital não excluiu “a possibilidade de se tratar de infeção por ‘legionella'” e que já “foi reportado à autoridade de saúde como caso suspeito”, realçando estar a aguardar “resultados de análises confirmatórias”.

O HESE sublinhou que “não existe nenhum outro caso suspeito”, pelo que este será “um caso esporádico”, e que “a situação não representa qualquer risco de transmissão nem para as restantes crianças em internamento, nem para os profissionais do hospital”.

O mais visto