Borba: GNR terminou com caso de violência doméstica, deteve individuo e apreendeu espingardas e espadas

O Comando Territorial de Portalegre da Guarda Nacional Republicana, através do Núcleo Investigação e de Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), no dia 30 de Julho, deteve um homem, de 47 anos, pelo crime de violência doméstica, no concelho de Borba.

Segundo a GNR, “no âmbito de uma investigação por violência doméstica, onde os militares da Guarda apuraram que o suspeito agredia física e psicologicamente a sua ex-companheira, de 37 anos, foi dado cumprimento a um mandado de busca domiciliária, culminando na detenção do agressor e na apreensão de vário tipo de material”.

Assim, foi apreendido o seguinte material:

– Três armas de ar comprimido;

– 28 cartuchos e dois zagalotes;

– Três sabres;

– Uma espada.

Ao que sabemos, o homem foi detido e presente ao Tribunal Judicial de Vila Viçosa, no dia 31 de Julho, onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de termo de identidade e residência, proibição de contacto com a vítima por qualquer forma, proibição de se deslocar e permanecer na residência da vítima, bem como do local de trabalho da mesma num raio de 300 metros e proibição de deter ou adquirir armas de fogo.

O mais visto