Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central apresentou sistema para produção de Informação Geográfica

Decorreu recentemente nas instalações da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC), a Apresentação Pública da Plataforma SIG-GO (Sistema de Informação Geográfica de apoio à Adaptação às Alterações Climáticas e Gestão de Operações).

Nesta apresentação, presidida pelo Vice-Presidente da CIMAC, José Calixto, estiveram presentes elementos dos Serviços Municipais de Protecção Civil (SMPC), do Comando Distrital de Operações de Socorro de Évora (CDOS Évora), das Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários do Distrito, da Guarda Nacional Republicana (GNR), da Polícia de Segurança Pública (PSP) e do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

No sentido de operacionalizar os objectivos do Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas do Alentejo Central (PIAAC-AC), o objectivo central inscrito para o SIG-GO, desenvolvido em parceria com o Comando Distrital de Operações de Socorro de Évora, consiste na produção de uma aplicação de Sistema de Informação Geográfica para dispositivos móveis, acessível via web, de apoio aos processos de adaptação às alterações climáticas e à gestão de operações, que reúna e compatibilize todos os dados e informações essenciais para suporte à monitorização e avaliação das ocorrências.

Nesta sessão pública, foram entregues duas tipologias de tablets, sendo que os equipamentos atribuídos às Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários e CDOS de Évora têm características de robustez específicas para operações no terreno, tais como resistência ao choque, à prova de água e poeira e tolerância às radiações electromagnéticas.

Segundo a CIMAC, “o recurso aos tablets e à aplicação SIG permitirá aos operacionais da protecção civil e das restantes entidades a visualização e consulta de informação geográfica operacional e contextual do território, permitirá o registo georreferenciado de eventos e ocorrências no terreno (precipitação excessiva, incêndios, deslizamentos, ondas de calor, etc.), sendo que a informação é actualizada em tempo real e disponibilizada para todos. A plataforma compreenderá ainda um módulo de divulgação destinado ao público em geral.”

O mais visto