Covid-19: Autarquia de Alandroal vai financiar microempresas que adaptem o funcionamento ao contexto de pandemia

A pandemia da Covid-19 provocou em Portugal uma grave crise económica e que está a ter um grande impacto nas microempresas.

O Governo anunciou um conjunto de medidas de apoio às empresas, no entanto não cobrem todas as dificuldades que a pequena economia está a passar.

Nesse sentido, a Autarquia de Alandroal, no distrito de Évora, anunciou, esta semana, que vai suportar os 20% não cobertos pelo Governo no Programa de Incentivo à Adaptação do Comércio e Serviços em Contexto de COVID-19.

Este apoio, ao que sabemos, vai aplicar-se às empresas do concelho que tenham até 10 postos de trabalho criados.

De acordo com a informação disponibilizada, “o município vai assegurar às empresas nestas condições os valores não cobertos pelo programa do Governo de Incentivo à Adaptação do Comércio e Serviços em Contexto de COVID-19. O programa prevê o financiamento em 80% a fundo perdido de despesas que as microempresas (até dez postos de trabalho) realizem ou tenham realizado (desde o dia 18 de Março) para adaptação ao funcionamento em contexto de pandemia.”

A autarquia dá ainda a conhecer que “os valores de investimento podem variar entre 500 e 5000 euros e são elegíveis despesas com equipamentos de protecção individual para colaboradores e clientes, equipamentos de higienização e de dispensadores de desinfectantes e consumíveis, reorganização de locais de trabalho e de lay out de espaços, contratação de serviços de desinfestação, dispositivos de pagamento digital contactless, isolamento físico de espaços de produção ou de venda ou prestação de serviços, informação e orientação, incluindo sinalização vertical e horizontal, entre outras.”

Todas as empresas do concelho que aderirem ao programa receberão do município os 20% do investimento não coberto pelo mesmo.

O município irá ainda disponibilizar apoio técnico na elaboração da candidatura a todas as empresas do concelho interessadas em aderir.

A autarquia vai também disponibilizar a todas as empresas interessadas o acesso a uma plataforma digital de Comércio Local com o objectivo de manter o comércio local em funcionamento permanente e como forma de potenciar esta componente do negócio cada vez mais importante no contexto em que vivemos.