Covid-19: Bombeiros de Vila Viçosa criam linha de apoio psicológico para ajudar a população a ultrapassar a crise

Com a chegada da pandemia da Covid-19 criou-se uma crise económica e social que pode levar muitas pessoas a precisar de apoio psicológico.

Prevendo-se que a pandemia irá prolongar-se por algum tempo, assim como a crise económica, vão surgir um conjunto de reações emocionais que necessitam ser entendidas e compreendidas de forma a que não se desenvolvam patologias do foro psicológico e que permitam aos cidadãos lidar da melhor forma com os tempos difíceis que vivemos.

Neste sentido, os Bombeiros Voluntários de Vila Viçosa acabam de lançar uma “Linha Telefónica de Atendimento em Fase Pandémica COVID-19”, de forma a prestar o devido apoio à população do concelho de Vila Viçosa, no distrito de Évora.

ODigital.pt falou com o Comandante dos Bombeiros Voluntários de Vila Viçosa, Nuno Pinheiro, que começou por explicar que esta linha surge porque nos “Bombeiros de Vila Viçosa, temos uma Psicóloga, que faz parte dos nossos quadros, e como está ao serviço da Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil (ANEPC), disponibilizou-se agora para ajudar a comunidade caso seja necessário, estando assim disponível para trabalhar em três áreas, dar informação, dar acolhimento psicológico e encaminhar.”

Nuno Pinheiro salienta que “criámos esta linha própria, que é o 967 886 466, uma linha que funciona todas as segundas, quartas e sextas, das 17h30 às 19h30 e que prevê prestar apoio à comunidade no âmbito da pandemia da Covid-19”.

O Comandante dos Bombeiros de Vila Viçosa explica ainda que “a Psicóloga tem até agora trabalhado no internamente junto dos operacionais, alargando-se agora à comunidade.”

Todo o serviço e contacto com a Psicologia, há a garantia de anonimato, ou seja, não será divulgado qualquer informação pessoal de quem a contactar”, garante ainda Nuno Pinheiro.

Questionado se desde o inicio desta crise já receberam algum tipo de pedido de apoio neste sentido, Nuno Pinheiro afirma que “até ao momento não tivemos nenhum pedido de apoio neste sentido, mas como esta situação se vai prolongar, poderemos vir a ter e por isso criamos esta linha porque as pessoas podem vir a ter problemas de ansiedade, pânico e ter situações menos agradáveis”.

Caso há um pedido de apoio vindo de outro concelho, o Comandante dos Bombeiros de Vila Viçosa diz que “como nós dizemos, aqui não temos fronteiras, somos todos portugueses, claro não vamos criar qualquer entrave com pessoas de outro concelho, apesar de não nos queremos alargar muito, mas não digo que esta linha não está disponível se houver alguma pessoa de outro conselho a precisar de ajuda, é claro que está.”

Read more...
Read more...