Covid-19: Grupo dono do Pingo Doce investe mais de 320 mil euros no Hospital de Évora

O Grupo Jerónimo Martins, dono dos Supermercados Pingo Doce, continua a apoiar a luta contra a pandemia provocada pelo novo coronavírus, COVID-19.

Assim, acaba de ser revelado que depois de um investimento da Jerónimo Martins, foi viabilizada uma “segunda unidade de cuidados intensivos do Hospital do Espírito Santo de Évora”.

Pode aceder ao recurso Roleta online gratis e assim poderá ter um nova solução

Consegue assim, através de “um investimento superior a 320 mil euros, a conclusão da montagem de uma segunda unidade de cuidados intensivos no Hospital do Espírito Santo de Évora”.

Destaque-se que de “entre os equipamentos doados pelo Grupo Jerónimo Martins encontram-se um RX Portátil, uma central de monitorização, 14 monitores e 14 módulos de capnografia (tecnologia que permite avaliar o estado ventilatório de um doente), um capnógrafo para ventilador G5, um adaptador para capnógrafo e 60 seringas SPACE”.

A nova unidade aumenta significativamente a capacidade de resposta da região ao que puder ainda vir a ser a evolução da pandemia COVID-19, já que permitirá tratar 12 doentes em fase aguda da doença, isto é, com insuficiência respiratória e necessidade de suporte de ventilação”, acrescenta o comunicado.

É ainda recordado que “apesar de o Alentejo ser, à data e a grande distância, a região de Portugal Continental com o menor número de infetados (85) e a única sem qualquer registo de morte resultante da pandemia COVID-19, o muito elevado índice de envelhecimento populacional constitui ali um fator de preocupação adicional”.

Com o financiamento garantido pelo Grupo Jerónimo Martins, o Hospital do Espírito Santo de Évora já colocou todas as encomendas junto das empresas fabricantes e espera começar a receber os equipamentos ainda este mês”, remata o comunicado.

Esta informação também lhe pode interessar: https://frank.casino-navegador.com/jogos-gratis/super-wheel

O mais visto