Derrocada da Estrada de Borba: Após conhecida a acusação Autarca afirma que “não me demito”

Na sequência da nota publicada pelo Ministério Público de Évora, que dá conta de 8 arguidos no caso da derrocada da estrada de Borba, todos acusados de “vários crimes de homicídio e de violação de regras de segurança”, o Presidente da Câmara Municipal de Borba convocou uma conferência de imprensa para falar sobre o assunto.



Na manhã desta quinta-feira, António Anselmo foi parco em palavras alegando que “está em segredo de justiça”, afirmando que “não me demito”.

O autarca em declarações à imprensa disse que “o DIAP de Évora diz uma coisa muito simples: Segredo de Justiça. Portanto enquanto estiver em segredo de justiça…”, acrescentando que “uma coisa é ser acusado, outra é preparar a minha defesa”.

Reforçou que “Não me vou demitir” e que “neste momento estamos a avaliar a acusação que foi feita”. Rematou dizendo que o processo está em “Segredo de Justiça, e portanto o processo seguirá os passos normais”.

O mais visto