Divida à empresa AdVT – Águas do Vale do Tejo faz disparar os prazos médios de pagamento do Município de Sousel, esclarece o autarca

No passado dia 1 de Outubro, ODigital.pt deu a conhecer os municípios alentejanos que no segundo trimestre do corrente ano pagavam a mais de 90 dias, de acordo com os dados divulgados pela Direcção-geral das Autarquias Locais (DGAL).

Um dos municípios que aparece referenciado nos dados publicados pela DGAL é Sousel, que segundo o documento oficial, no 2º trimestre de 2019 pagava a 139 dias.

No seguimento dos números divulgados pela DGAL, o Presidente da Câmara Municipal de Sousel, Manuel Valerio, vem esclarecer este elevado numero de dias para pagamento, dizendo que  a Câmara Municipal de Sousel, “não contesta esse valor. Mas tal impõe um esclarecimento.”

Manuel Valério começa por dizer que “desde que o atual Executivo Municipal de Sousel tomou posse, em 23 de outubro de 2017, uma das suas prioridades tem sido a antecipação dos prazos de pagamento, principalmente aos empresários individuais e às pequenas e médias empresas, fornecedoras de bens e serviços, ciente que sempre esteve da importância de tal esforço para o desenvolvimento económico.”

No entanto o autarca esclarece que “a dívida do Município de Sousel à empresa de capitais exclusivamente públicos AdVT – Águas do Vale do Tejo ultrapassava, no segundo trimestre de 2019, o valor de 1550000 € (um milhão e quinhentos e cinquenta mil euros), em consequência de incumprimento contratual reiterado por parte de anteriores executivos”, acrescentando que “tal dívida, que se encontra em fase de regularização pelo atual Executivo Municipal, resulta do não pagamento das faturas apresentadas à CMS pela AdVT e, portanto, em termos contabilísticos, tal reflete-se pesadamente no prazo médio de pagamento. E tal assim continuará durante mais alguns trimestres, mesmo depois de assinado o acordo de regularização da dívida, que se prevê para breve, entre o Município de Sousel e a AdVT.”

O edil, refere também que “sem a dívida à AdVT, o prazo médio de pagamento da Câmara Municipal de Sousel foi reduzido pelo atual Executivo para apenas 29 dias, constituindo um dos mais baixos de todo o país.”