Elvas: Prisão preventiva para indivíduo que há dois anos maltratava a companheira à frente dos 5 filhos

No passado dia 21 de Maio, um indivíduo, de 25 anos, foi detido e presente a interrogatório judicial, por fortes indícios prática de um crime de violência doméstica, por fatos ocorridos ao longo dos anos, em Elvas.

De acordo com o Ministério Público, “ao longo dos últimos 2 anos o arguido vem maltratando a sua companheira o que não se inibe de fazer em frente aos seus 5 filhos menores de idade, tendo nos últimos dias, desferido murros na nuca da vítima e pontapés que a atingiram no rosto, quando esta se encontrava sentada no chão, em casa, com os filhos, ameaçando-a de morte com um ferro.”

Após o interrogatório, o indivíduo ficou em prisão preventiva, devido ao “perigo de continuação da atividade criminosa e um concreto perigo de perturbação do decurso do inquérito.”

O processo corre termos nos Serviços do Ministério Público do Tribunal de Elvas.