Em Fronteira idosos terão cartão electrónico para ir à farmácia e levantar medicamentos gratuitamente

O Município de Fronteira assinou, esta semana, um protocolo com a Associação Nacional de Farmácias e a Associação Dignitude para a implementação do cartão electrónico.

Segundo a autarquia, “o protocolo que vai permitir, a partir de 1 de Janeiro de 2020, que os beneficiários do Cartão do Idoso passem a ser portadores, ao abrigo deste Programa, de um cartão que lhes vai permitir adquirir os medicamentos comparticipados pelo Município de Fronteira directamente nas farmácias sem qualquer custo associado.”

O Município de Fronteira recorda que “até ao momento, e não obstante o custo dos medicamentos ser já integralmente comparticipado pelo Município, os beneficiários tinham de proceder ao pagamento nas farmácias e solicitar posteriormente o reembolso junto do Município”, acrescentando que “com esta medida, a referida comparticipação pelo Município passará a ser imediatamente efectuada no momento da aquisição sem qualquer adiantamento do valor respectivo pelos beneficiários.”