Estudo revela que maioria dos calipolenses prefere pacotes de telecomunicações com tudo incluído

No momento de escolher um tarifário de telecomunicações, 56% dos habitantes do município de Vila Viçosa, no distrito de Évora, opta pela modalidade mais completa (o 5P). Este dado é particularmente relevante uma vez que esta tipologia não regista tanta preponderância quer ao nível do distrito como do próprio país (15% de adesões). Estas são algumas das conclusões do estudo do ComparaJá.pt realizado aos utilizadores de TV NET VOZ.

Tanto ao nível do seu distrito como do país, o serviço mais procurado é o 4P, que apenas exclui internet móvel (45% e 40% de subscrições, respetivamente). Em Vila Viçosa, por sua vez, esta tipologia não vai além de 25% das contratações dos tarifários.

Televisão é menos relevante no concelho de Vila Viçosa

No que diz respeito à televisão, apenas 9% dos residentes do município de Vila Viçosa consideram-na essencial para um pacote de telecomunicações, opinião que adquire maior preponderância tanto no distrito de Évora (11%) como em Portugal (12%).

Em todo o caso, ao analisarmos a parcela amarela do gráfico anterior, verificamos que há mais habitantes em Portugal a descartarem a “caixa mágica”. De facto, são 30% dos residentes que afirmam que a televisão não tem qualquer relevância, consideração que é partilhada por apenas 27% dos calipolenses e 26% do distrito de Évora.

Internet é menos valorizada pelos calipolenses

Relativamente à inclusão da internet a um serviço de telecomunicações, 62% do concelho de Vila Viçosa atribui pouca ou nenhuma relevância. De facto, este aspeto é significativo ao compararmos com o contexto do distrito e do país, onde esta opinião é partilhada por metade dos seus habitantes (36%).

Vila Viçosa dá mais uso ao telefone fixo em casa

Apesar de a maioria dos habitantes nas três localidades não precisar de telefone fixo em casa, são mais os calipolenses que utilizam esta funcionalidade. 13% destes munícipes afirma que o telefone fixo é crucial para um pacote de telecomunicações, ao passo que no distrito de Évora e em Portugal apenas 8% e 9% dos habitantes, respetivamente, é que atribuem a mesma classificação.

De facto, quando analisamos a parcela cinzenta do gráfico anterior, são menos os residentes no concelho de Vila Viçosa que não dão qualquer uso ao telefone fixo. Aqui contabiliza-se 51% dos seus residentes, realidade bem abaixo da observada no distrito de Évora (63%) e em Portugal (65%).

Mais de dois terços dos calipolenses escolhe a MEO

Na hora de aderir a um pacote de TV NET VOZ, 71% dos habitantes do concelho de Vila Viçosa optam pela MEO, operadora que também regista maior procura tanto no distrito de Évora (57%) como em Portugal (38%).

O segundo lugar é entregue à mesma entidade pelas três localidades em análise. É a NOS que recebe a medalha de prata, ao conseguir 25% das subscrições no município, 24% no distrito e 33% no país.

A diferença substancial verifica-se na atribuição do terceiro e quarto lugar. Em Vila Viçosa e em Portugal, a medalha de prata é entregue à Vodafone (com 4% e 23% de subscrições, respetivamente), operadora que fica fora do pódio no contexto do distrito de Évora (embora represente uma fatia de 7%). É a NOWO que recebe o bronze em Évora, mas não regista qualquer subscrição em Vila Viçosa e representa apenas 6% das contratações em Portugal.