Évora: Ana Moura inaugura Feira de São João. Conheça o cartaz completo

A Feira de S. João vai decorrer entre os dias 21 e 30 de Junho, como habitualmente no Rossio de S. Brás. O tema escolhido para este ano será a Candidatura de Évora a Capital Europeia da Cultura 2027, um objectivo estratégico importante assumido pela Câmara Municipal em conjunto com as principais instituições representativas da cidade e da região.

Cumprindo a tradição, a Feira de S. João 2019 continuará a ter o espaço dedicado aos divertimentos, comércio típico de feira, artesanato e produtos locais, actividades económicas e representação institucional. As tasquinhas das associações continuarão a ser um local privilegiado de encontro e convívio dos visitantes.

A alteração mais significativa surge em consequência das obras de remodelação do Palácio de D. Manuel: o palco principal foi transferido para a zona de estacionamento junto à muralha, na entrada Oeste (Av. General Humberto Delgado).

Precisamente no palco principal, destaca-se no programa o concerto de Ana Moura, que está confirmado para o dia 21, no primeiro serão da feira. A cantora portuguesa que conta com quase meio milhão de discos vendidos, mais de uma dezena de galardões onde se destacam 2 Globos de Ouro, 2 Prémios​ Amália, 1 nomeação para os Songlines Music Awards na categoria de Melhor Artista, participações com ícones da música como Prince, The Rolling Stones, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Herbie Hancock, Benjamin Clementine ou U2, será a cabeça de cartaz da Feira de S. João.

“Resistência” está também confirmado para dia 27. O histórico supergrupo cujo sucesso marcou os anos 1990 tem surgido nos últimos anos com nova dinâmica. Tendo anteriormente outros elementos, conta hoje com Alexandre Frazão (bateria), Fernando Cunha (voz e guitarra 12 cordas), Fernando Júdice (baixo), José Salgueiro (percussões), Mário Delgado (guitarra), Miguel Ângelo (voz), Pedro Joia (guitarra clássica), Olavo Bilac (voz) e Tim (voz e guitarra).

Confirmados estão também:

– Dia 22 de junho: Esperanza Fernandez, a artista espanhola que canta José Saramago na apresentação do seu disco “Mi voz en tu palabra”;

– Dia 23 de junho: Happy Mess, o grupo Indie Pop-Rock que apresenta o novo disco “Dear Future”;

– Dia 24 de junho: Encontro Regional de Etnografia e Folclore, com organização da Fundação INATEL;

– Dia 25 de junho: Pedro Mestre, apresentando o seu mais recente trabalho discográfico “Mercado dos Amores”, que assinala 25 anos do seu percurso musical a “Cantar o Alentejo e Outros Cantes do Sul à Viola Campaniça”;

– Dia 26 de junho: Dino d’Santiago, o artista com origens cabo-verdianas que concentra o seu talento na união dos tradicionais Morna, Batuku e Funaná com o contemporâneo R&B e musica eletrónica;

– Dia 28 de junho: Pedro Calado, o cantor eborense que dispensa apresentações e que editou recentemente o seu novo trabalho discográfico “O Cante do Fado”;

– Dia 29 de junho: Mundosegundo & Sam The Kid, dois dos mais históricos intervenientes e impulsionadores do hip hop português;

– Dia 30 de junho: Madrepaz, uma banda daquilo que a que eles próprios chamam de “pop xamânica” e Uxu Kalhus, um grupo de Fusão e World Music.