GNR fiscalizou montarias no concelho de Ourique e autuou donos de matilhas

A Guarda Nacional Republicana, através do Núcleo de Proteção Ambiental de Aljustrel, no passado dia 27 janeiro, realizou duas operações de fiscalização direcionadas à atividade venatória, na freguesia Santana da Serra – Ourique.

De acordo com a GNR, “esta ação visou as montarias de caça maior, com incidência nas vias de ligação a zonas de caça, tendo sido fiscalizados um total de 56 caçadores e cinco matilhas de caça maior, nomeadamente 119 canídeos.”

Das infrações detetadas, destacaram-se as seguintes:

– Falta de placa identificativa de transporte de animais vivos;

– Falta de autorização de transporte de animais vivos tipo 1 (transportes de curta duração);

– Inexistência de registo de matilha de caça maior no ICNF.

Foram elaborados quatro autos de notícia por contraordenação, em que a falta de placa identificativa e a falta de autorização para transporte de animais vivo tipo 1, são puníveis com coimas até 3740 euros, e a falta de registo de matilha de caça maior, com uma coima de montante máximo até 518 euros.

Esta ação contou com o apoio dos Postos Territoriais de Aljustrel, Ferreira do Alentejo e Ourique.