GNR termina com rede de tráfico de droga que vendia junto a escolas do Alentejo

O Comando Territorial de Portalegre em colaboração com o Comando Territorial de Santarém, no dia 3 de Julho, deteve seis homens e quatro mulheres, com idades compreendidas entres os 17 e os 55 anos, pela prática do crime de tráfico de estupefacientes, nos concelhos de Ponte de Sôr, Abrantes e Coruche.

De acordo com a GNR, “com o culminar desta investigação, que decorria há mais de um ano, no Núcleo de Investigação Criminal de Ponte de Sôr, desmantelou-se uma rede de tráfico de estupefacientes que operava em vários concelhos na zona centro e sul do país, com pontos de venda próximos de estabelecimentos de ensino, em que muitos dos clientes eram jovens estudantes, o que estava a causar enorme alarme social.”

Assim foi dado cumprimento a 23 mandados, dos quais 10 em residências e 13 em veículos, que culminou na apreensão de :

– 101 doses de Heroína;

– 80 doses de Cocaína;

– Duas doses de haxixe;

– 16 telemóveis;

– Oito objetos em ouro;

– Sete veículos ligeiros;

– Cinco aparelhos informáticos;

– Uma nota falsa de 200 euros;

– 3 134 euros em numerário;

– Diverso material electrónico, electrodomésticos e ferramentas.

Os visados encontram-se detidos em instalações da GNR e serão presentes hoje, dia 5 de Julho, no Tribunal Judicial de Ponte de Sôr, para 1.º interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação.

A operação envolveu 73 militares dos Comandos Territoriais de Portalegre e Santarém, da Divisão de Investigação Criminal da GNR, de uma equipa de binómios cinotécnicos e dos Destacamentos de Intervenção de Santarém e Portalegre.

Recomendado