Governo abre inquérito ao incêndio de Castro Verde, em que 5 bombeiros ficaram feridos

Vai ser aberto um inquérito ao incêndio florestal que deflagrou, na segunda-feira, em Castro Verde e que feriu cinco bombeiros, determinou o Ministro da Administração Interna.

Segundo fonte oficial do Ministério da Administração Interna disse à agência Lusa, o Governante terá pedido o inquérito à Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC).

Recordamos que no decorrer do incêndio dois bombeiros ficaram gravemente feridos, ambos corporação de Cuba, e foram transportados de helicóptero para os hospitais de Santa Maria e São José, em Lisboa, tendo sofrido queimaduras.

Outros dois bombeiros sofreram ferimentos ligeiros e foram transportados para o Hospital de Beja e ainda um quinto bombeiro que foi assistido no Centro de Saúde de Castro Verde.