Grupo CESL Ásia adquire ao Novo Banco maior criador português de bovinos, que labora no Alentejo

O Grupo CESL Ásia – Investimentos e Serviços, Limited, através das suas subsidiárias integrais Focus Platform e Focus Agriculture, formalizou em Lisboa a aquisição do Grupo Monte do Pasto, localizado nos municípios de Cuba e Alvito, no Alentejo.

Segundo a informação disponibilizada, “trata-se de uma aquisição significativa de importantes capacidades de gestão e operações em Portugal, com integração no CESL Ásia da equipa do Monte do Pasto, além de um ativo que compreende 3.700 Ha de terras agrícolas, usadas principalmente como pastagens, mas que pode ser desenvolvido e valorizado por meio de atividades agrícolas adicionais, aproveitando as condições naturais e o acesso à água do Alqueva.”

O valor do negócio não foi divulgado. Mas a Lusa avança que o valor é de 37,5 milhões de euros.

Ainda segundo a nota publicada pelo Monte do Pasto, “o grupo CESL Ásia planeia desenvolver, com o Monte do Pasto, uma plataforma Portugal-Macau que potencie as produções existentes, permita o lançamento de novas atividades agrícolas e pecuárias sustentáveis ​​e contribua significativamente para o desenvolvimento de toda a região do Alentejo e a economia portuguesa.”

“Pretende-se também intensificar as exportações para os mercados de Macau e China e aproveitar as oportunidades a serem criadas pela Plataforma de Macau para a cooperação social e económica entre China, Portugal e os Países de Língua Portuguesa (Plataforma de Macau).”, acrescenta.

De acordo com o plano económico-financeiro delineado, o CESL Ásia prevê que, até 2021, o volume de negócios aumente para cerca de 70 milhões de euros, com 550 funcionários, dos quais mais de 100 serão baseados em Portugal.

No dia 8 de outubro, às 18h, no Salão Nobre da Pousada de Lisboa, o CESL Asia apresentará às autoridades portuguesas, às partes interessadas e à comunidade empresarial uma visão da parceria internacional com o Monte do Pasto para o desenvolvimento da Plataforma FOCUS, base operacional para empresas de alimentos e energia verde em Portugal, Macau, China e Países de língua portuguesa.