Instrutor de condução obtinha cartas de condução na Guiné e lucrava com elas em Ponte de Sor

A Polícia Judiciária, através da Unidade Local de Investigação Criminal de Évora, procedeu à detenção de um homem pela presumível prática de múltiplos crimes de falsificação de documentos, ocorridos entre os anos de 2016 a 2019.

De acordo com a PJ, “o arguido, aproveitando o exercício das suas funções numa escola de condução no concelho de Ponte de Sôr, conseguia obter cartas de condução para terceiros, que eram emitidas na Guiné-Bissau e obtidas de modo fraudulento, as quais depois eram apresentadas no Instituto da Mobilidade e dos Transportes, permitindo aos requerentes a obtenção de título de condução nacional.”

Como resultado destas condutas, o presumível autor veio a obter lucros na ordem dos milhares de euros.

O detido, de 47 anos de idade, será hoje presente a primeiro interrogatório judicial, para aplicação de medidas de coação tidas por adequadas.