Já foram administradas cerca de 65 mil vacinas da gripe no Alentejo

Portugal começa a atingir o pico da actividade gripal, apesar de ainda se encontrar numa fase moderada.

De acordo com a Administração Regional de Saúde, na Região Alentejo a situação é idêntica e a incidência da síndrome gripal é superior nas pessoas mais jovens.

Segundo a ARS Alentejo, na região “há um aumento dos casos de síndrome gripal nas consultas dos cuidados de saúde primários e nas urgências hospitalares, mas dentro do esperado para a época.”

No Alentejo mantêm-se a predominância da circulação do vírus B, poder-se-á esperar uma época gripal mais moderada e mais arrastada no tempo.

A ARS Alentejo adianta ainda que na região já foram vacinadas, gratuitamente, pelo menos, 65 mil pessoas dos grupos de risco.

Como todos os anos, a ARS Alentejo e as ULS do Norte Alentejano, do Baixo Alentejo e do Litoral Alentejano monitorizam a procura dos serviços e activam as medidas adequadas previstas no Plano de contingência regional da Saúde Sazonal – Módulo Inverno, incluindo alargar horários de atendimento nos cuidados de saúde primários e abrir mais camas de internamento nos hospitais.

Recomendado