Mais de duas dezenas de novos médicos farão internato em Beja

Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) integrou, no inicio deste ano, 21 novos médicos internos.

Beja vai então dar formação específica a nove médicos, nas especialidades de Medicina Intensiva (1), Psiquiatria (1), Pediatria (1), Medicina Interna (2) e Medicina Geral e Familiar (4), e formação geral a 12 médicos internos.

Para a Administração da ULSBA, a ida dos médicos internos, “é um novo estímulo à dinamização dos serviços clínicos e cria a possibilidade de fixação de médicos na região. O Hospital de Beja tem, há muitos anos, tradição em formação de médicos que se pretende manter com qualidade.”

O Internato Médico realiza-se após a licenciatura ou mestrado integrado de Medicina, sendo os primeiros doze meses de Formação Geral. Este primeiro período de formação tutelada, de natureza prática e teórica, visa preparar o médico para o exercido autónomo e responsável da medicina.

Após a Formação Geral, os médicos candidatam-se a um concurso nacional para a escolha de uma especialidade, que corresponde ao período de Formação Especializada, cuja duração varia consoante a especialidade.

O mais visto