Ministério da Agricultura anuncia financiamento de 2,75 milhões para aconselhamento agrícola e florestal

O Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural lançou hoje um novo concurso destinado a apoiar o fornecimento de serviços de aconselhamento agrícola e florestal no valor de 2,75 milhões de euros.

De acordo com a informação avançada, “os apoios, 100% a fundo perdido, visam melhorar o desempenho das explorações a nível económico e ambiental, tendo em conta uma melhor utilização dos recursos.”

Financiado no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR 2020), o concurso tem como beneficiárias as seguintes entidades reconhecidas no âmbito do Sistema de Aconselhamento Agrícola e Florestal:

– AATM – Associação de Agricultores de Trás-os-Montes

– AGROBIO – Associação Portuguesa de Agricultura Biológica

– AJAP – Associação dos Jovens Agricultores de Portugal

– CAP – Confederação dos Agricultores de Portugal

– CONFAGRI – Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas e de Crédito Agrícola de Portugal, CCRL

– CNA – Confederação Nacional da Agricultura

– FATA – Federação da Agricultura de Trás -os- Montes e Alto Douro

– FNAPF – Federação Nacional das Associações de Proprietários Florestais

– FORESTIS – Associação Florestal de Portugal

– FORUM FLORESTAL – Estrutura Federativa da Floresta Portuguesa

O serviço de aconselhamento deverá ser prestado no prazo máximo de 12 meses após a assinatura do contrato de aconselhamento, sendo o período de execução das candidaturas aprovadas de 18 meses. As candidaturas podem ser apresentadas através de formulário electrónico, disponível no Portal do PDR 2020 em www.pdr-2020.pt e estão abertas até ao dia 30 de Junho.