Ministra da Saúde anunciou, em Beja, que todos os hospitais vão ter serviço de hospitalização domiciliária até 2021

A Ministra da Saúde esteve recentemente na cidade de Beja, onde anunciou que todos os hospitais que fazem parte do Serviço Nacional de Saúde (SNS) vão ter serviço de hospitalização domiciliária até 2021.

A Ministra afirmou ainda que o objetivo do Governo é fazer com que a hospitalização domiciliária seja «uma realidade em todos os hospitais».

Neste momento, há 25 hospitais do SNS nessa situação, dez vão passar a ter durante 2020 e os restantes incluirão a resposta até ao final de 2021.

«Depois, há especificidades que resultam da própria vocação do hospital», como são os casos dos institutos de oncologia e dos hospitais especializados, nomeadamente os psiquiátricos, acrescentou a Ministra.

Marta Temido sublinhou que o primeiro esforço a fazer é a contratação e a formação de recursos humanos e o segundo é a harmonização das formas de trabalho e registo.

A Ministra destacou a importância de haver uma resposta uniformizada para que, cada vez mais, «seja possível fazer hospitalização nas casas das pessoas, quando isso seja seguro, eficaz e a situação e a patologia do utente tenham essa indicação».

Na sessão de ontem, o Ministério da Saúde assinou compromissos com 18 hospitais, centros hospitalares e unidades locais de saúde para implementação da resposta de hospitalização domiciliária.

O mais visto