Ministro da Agricultura atento à situação de seca na agricultura, diz que é na pecuária que mais se sente (c/som)

O Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luis Capoulas Santos, deixou claro esta quarta-feira, 15 de Maio, em Elvas, que o Governo está a acompanhar a situação da seca no sector agrícola.

De acordo com Capoulas Santos, “estamos naturalmente a acompanhar com as Direcções regionais a evolução da situação, neste momento pode-se dizer que particularmente sente-se com mais gravidade para a questão da pecuária, pois nos outros sectores não é vislumbrável que assim seja.”

O governante refere ainda que “reconhecemos que a questão da alimentação animal e do abeberamento pode ser um problema”, alertando para o facto de recentemente “determinei que todos os agricultores que tivessem problemas de abeberamento nas suas explorações, o transmitissem às direcções regionais até hoje [15 de Maio], para que possamos avaliar se se justifica a adopção de medidas similares àquelas que tomamos há dois anos e que se traduziram à aprovação de 1440 projectos referentes a furos, aquisição de equipamentos para transporte de água, tubagem, etc,”. Sendo que até ao momento “poucas manifestações, mas de qualquer modo faremos amanhã essa avaliação sobre isso.”

O Ministro da Agricultura, relembrou ainda que “está em aberto, e tem uma dotação disponível de 13.5 milhões de euros, uma linha de crédito com garantia de 70% do estado para a alimentação animal”.