Ministro da Agricultura garante que concurso público de construção do Bloco de Rega de Reguengos de Monsaraz será “lançado até meados do próximo mês” (c/som)

Em Fevereiro de 2018, foi apresentado em Reguengos de Monsaraz o Plano Nacional de Regadios, um investimento de 40 milhões de euros e onde se incluía o Bloco de Rega de Reguengos de Monsaraz.

O Bloco de Rega de Reguengos de Monsaraz, que deverá avançar em breve com o lançamento do concurso publico, como nos disse o Ministro da Agricultura, Luis Capoulas Santos.

O responsável pela pasta da agricultura começou por referir que “cheguei ao governo há quatro anos num contexto em que o governo anterior tinha dado por concluído o projecto de Alqueva. Ou seja, o projecto Alqueva tinha terminado em 2015 segundo a opinião e decisão do governo anterior”, acrescentando que “não só tinha dado por finalizada a sua dimensão nos 120 mil hectares, como obviamente e em coerência com essa decisão, não tinha garantido nenhum financiamento para a sua expansão”.

Neste sentido, Capoulas salienta que “entendemos que utilizando uma era eficiente com a mesma água é possível regar mais área e decidimos ampliar o perímetro de rega em 50 mil hectares.

Sobre o financiamento para este investimento o Ministro da Agricultura refere que “foi preciso, primeiro, encontrar o financiamento, uma vez que ele não estava garantido nem no orçamento de estado, nem nos fundos comunitários. A solução que encontrámos foi o financiamento através de dois bancos internacionais, foi um processo em que demorámos dois anos e meio a negociar, foi concluído com êxito, e a partir desse momento foram lançados os procedimentos, não só de delimitação dos perímetros de rega, um trabalho de engenharia, física e agronómica, e neste momento está criada a unidade de gestão que vai decidir estes projectos, foi aberto já um primeiro concurso, foi concluído já o prazo. Esse concurso foi aberto exclusivamente para EDIA, a EDIA apresentou as suas candidaturas, algumas já estão decididas, outras em final de processo de decisão.

Concretamente sobre o lançamento do concurso da empreitada de construção do Bloco de Rega de Reguengos de Monsaraz, Luís Capoulas Santos, revela que avançará “logo que estejam decididas pela unidade de gestão, serão lançados os concursos para a execução da obra. No caso concreto de Reguengos de Monsaraz o concurso para a primeira fase do seu projecto de regadio, presumo que seja lançado até meados do próximo mês, e é um investimento que inclui uma fase de obra de cerca de dois anos e que orça em cerca de 30 milhões de euros em que o financiamento está integralmente garantido.