Município de Vila Viçosa voltou a lembrar Henrique Pousão entregando um prémio de pintura (c/som e fotos)

O Cineteatro Florbela Espanca, em Vila Viçosa, recebeu este fim-de-semana a entrega do Prémio Henrique Pousão, instituído pelo Município de Vila Viçosa.

Nesta cerimónia estiveram presentes o Vice-Presidente do Município de Vila Viçosa, Luís Nascimento, Joaquim Saial, Investigador e orador neste encontro e ainda Pedro Espanhol, vencedor da edição 2019 do Prémio Henrique Pousão.

Uma tarde em que foi inaugurada a exposição que mostra todos os trabalhos apresentados neste concurso, e em que actuou ainda o Coro da Universidade Sénior de Vila Viçosa.

ODigital.pt esteve presente nesta cerimónia e falou com o Vice-Presidente do Município de Vila Viçosa, Luís Nascimento, que começou por explicar que “este é um prémio que está instituído pela câmara municipal desde 1985 e que pretende destacar a vida e obra de Henrique Pousão, que infelizmente teve uma vida curta.”

O autarca refere ainda que este “concurso que tem um carácter bienal e é aberto a todos os artistas alentejanos ou relacionados com Vila Viçosa. Nós temos muito orgulho em manter este prémio e 34 anos depois ter uma enorme qualidade em relação às obras apresentadas.”

Luís Nascimento quis ainda destacar que este concurso é “acima de tudo é um incentivo às artes, nós ao provermos isto, porque para além da obra e vida de Henrique Pousão, é também incentivar a participação de outros artistas a participar neste concurso.”

Questionado sobre o facto do vencedor ser um Borbense, o Vice-Presidente do Município salientou que “é um pintor de Borba, é alentejano, mas o que interessa é a participação, pois tivemos participantes de Veiros, de Évora, de Lisboa também, tivemos uma diversidade geográfica relevante.”

Sobre os trabalhos apresentados, Luís Nascimento afirmou que “a qualidade é muito apreciável, pela primeira vez nós para além do primeiro prémio damos três menções honrosas, que nunca terá acontecido e que demonstra há um elevado nível das obras apresentadas.”

Fique de seguida com algumas imagens desta cerimónia, numa reportagem de Hugo Calado: