Novo Banco cede obras de arte ao Município do Crato para exposição

Esta sexta-feira, 12 de Julho, o Museu Municipal vai inaugurar a Colecção de Arte Contemporânea/Novo Banco Cultura, com um conjunto de obras representativas da pintura contemporânea em Portugal, da autoria de pintores tão consagrados como são Vieira da Silva ou Manuel d’Assumpção, entre outros.

Segundo a informação disponibilizada, “a apresentação desta colecção, que figurará em permanência no Museu Municipal, foi possível através de protocolo estabelecido com a Novo Banco Cultura, que se dedica a gerir as colecções e iniciativas de âmbito cultural do Novo Banco.”

O protocolo será assinado em cerimónia a decorrer às 11h30, no Museu Municipal, pelo Presidente da Câmara, Joaquim Diogo, e pelo CEO do Novo Banco, António Ramalho.

O acervo consta de obras de Viera da Silva, Manuel d’ Assumpção, Menez, Júlio Resende e Malangatana.

 

No mesmo dia, beneficiando da logística já preparada para esta circunstância, far-se-á também apresentação de um novo espaço de exposição arqueológica dedicado ao Dr. Agostinho F. Isidoro, natural de Aldeia de Mata, que enquanto antropólogo ao serviço da Universidade do Porto, desenvolveu aqui um alargado conjunto de escavações arqueológicas no património megalítico.

Desses trabalhos resultou vasto espólio, que podemos agora expor ao público, em virtude de protocolo celebrado com o Museu de História Natural e Ciência da Universidade do Porto, cuja direcção marcará presença para esta inauguração, e que arrancará com o espólio relativo à Anta do Tapadão, o monumento megalítico mais icónico do nosso Concelho. A inauguração está prevista para as 17h00.