“O que me levou a fazer este grande investimento aqui, foi o Alqueva”, diz proprietário do hotel inaugurado em Mourão (c/som e fotos)

A Herdade dos Delgados – Dark Sky Hotel & SPA , em Mourão, foi inaugurada esta quarta-feira, 3 de Julho, numa cerimónia na qual marcou presença o Secretário de Estado da Valorização do Interior, João Paulo Catarino, a Presidente da Câmara Municipal de Mourão, Maria Clara Safara, o Presidente da Entidade Regional de Turismo, António Ceia da Silva, entre outros autarcas, entidades regionais, os principais fornecedores da unidade e ainda algumas figuras publicas.

Este novo empreendimento hoteleiro conta com investimento de 3.148.000 euros, tendo a sua construção decorrido ao longo de 30 meses, iniciados em 2015, e contando com apoio do plano de incentivos do Portugal 2020.

São criados 30 novos postos de trabalho, conta com restaurante com cozinha criativa e baseada nos produtos endógenos alentejanos, terá particular fofo na observação estrelar e turismo científico, complementado pelo turismo náutico e de natureza.

Está previsto investimento de 400 mil euros para projectar internacionalmente o empreendimento, em 24 meses.

Espanha, França, Bélgica, Reino Unido, Brasil, Alemanha e E.U.A são os mercados aos quais será dada particular atenção na conquista de clientes.

ODigital.pt esteve presente e falou com o Administrador da Unidade António Delgado, que nos começou por dizer que, “o que me levou a fazer este grande investimento aqui foi o Alqueva. Os meus investimentos, tanto em Portugal como no Brasil onde tenho investimentos no Nordeste, é tudo em cima da água, vivo em Cascais em cima da água. É uma paixão que eu tenho, mais os meus filhos e a minha mulher.”

António Delgado refere também que “quando visitei pela primeira vez este monte fiquei logo apaixonado e a imaginar o que poderia fazer aqui. Os meus projectos são pensados atempadamente, então comecei até chegar a esta conclusão.”

O proprietário da unidade fala sobre o espaço dizendo que “está extremamente harmonioso, o Turismo de Portugal elogiou logo este projecto, foi aprovado numa semana, a câmara daqui a mesma coisa… Tem umas linhas muito bonitas, não interfere com a natureza, é uma preocupação minha, e como já viu em termos decorativos da paisagem eu mantive tudo. Temos um cuidado com a cozinha e a cozinha de autor que iremos ter”.

Sobre o investimento o empresário refere que “inicialmente foi de três milhões e tal mas entretanto já passou um bocado. Ainda não está tudo feito. Porque este ano vamos ter aqui uma piscina flutuante no Alqueva, que já me foi autorizada. Para além de termos as piscinas todas com sal, temos o spa e isso tudo. A piscina flutuante vamos ter, teremos também um ancorador em que teremos desportos náuticos, tais como passeios de barco, canoagem, padel e gaivotas. Temos ainda um ancorador para barcos de clientes. Temos um circuito de manutenção, temos dois bares exteriores.”

Relativamente à composição do hotel, António Delgado diz que tem “24 suites, 3 apartamentos, temos já a promessa da câmara que nos vai deixar continuar o empreendimento para outro lado, quero no próximo ano chegar às 100 camas, neste momento temos 60, e temos já a cozinha preparada para isso e o restaurante para aumentar.”