PJ detém, no distrito de Évora, homem de 56 anos alegado abuso sexual da enteada

A Polícia Judiciária, através da Unidade Local de Investigação Criminal de Évora, identificou e deteve um homem, com 56 anos de idade, por fortes indícios da prática de crimes de abuso sexual de crianças agravado e coação agravada.

Segundo a PJ, “o presumível autor é suspeito de ter abusado sexualmente da enteada, uma menina actualmente com 13 anos de idade, aproveitando-se de, na altura dos factos, coabitarem na mesma residência.”

“Os factos foram recentemente denunciados, mas terão ocorrido em 2013, mantendo-se um contexto de coação sobre a vítima, para garantir o silêncio”, acrescentou a PJ.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas, sendo lhe aplicada a medida de proibição de contactos com a vitima.