PJ deteve, em Espanha, homem que na véspera de natal matou outro a tiro

A Polícia Judiciária, através da Unidade Local de Investigação Criminal de Évora, com a colaboração das autoridades espanholas, deteve um homem de 28 anos, por suspeita de ter sido o autor do homicídio ocorrido na véspera de natal de 2018 em Elvas.

Segundo a PJ, “os factos foram cometidos na véspera de natal do ano passado, já no final da noite, num bairro social da cidade de Elvas, onde as duas famílias se encontravam em confraternização, causando uma vítima mortal, um homem de 57 anos de idade, tendo nessa altura o suspeito fugido para Espanha.”

A força policial adianta ainda que “por razões de desavenças familiares anteriores, o detido, munido de uma arma de fogo, efetuou vários disparos na direção de uma viatura com a vítima e os seus dois filhos já no seu interior, os quais não foram atingidos por mera casualidade, recaindo sobre o detido fortes indícios da prática de outros dois crimes de homicídio qualificado na forma tentada e de detenção de arma proibida.”

O detido, de 28 anos de idade e sem profissão conhecida, foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.