Porto de Sines realizou as primeiras operações de bancas com gás natural, em Portugal Continental

default

O Porto de Sines voltou a realizar uma operação pioneira em Portugal Continental, desta vez realizou-se no porto alentejano o primeiro abastecimento de combustível de bancas a navios, utilizando Gás Natural Liquefeito (GNL), efectuado em Portugal Continental.

A draga “SCHELDT RIVER” inaugurou este tipo de operações, demonstrando a capacidade desta infraestrutura portuária em se adaptar às necessidades dos seus clientes.

Segundo explica a Administração do Porto de Sines, “a operação realizada, conhecida pela expressão inglesa truck-to-ship, caracteriza-se pelo abastecimento de GNL ao navio através de camião-cisterna parqueado no cais de acostagem. Neste caso particular, o GNL foi carregado no camião-cisterna na estação de enchimento do Terminal de Gás Natural e fornecido ao navio atracado no Terminal Multipurpose, com toda a operação a decorrer na área de jurisdição do Porto de Sines.”

A Administração acrescenta ainda que “apesar de ser uma operação que não apresenta grandes riscos, todos os procedimentos foram activados por forma a garantir a total segurança do abastecimento, estando as equipas do Porto de Sines treinadas para lidar com este tipo de produto.”

Este tipo de operação foi realizado no nosso país, pela primeira vez, em Dezembro de 2017, com o abastecimento do navio de cruzeiros AIDA Prima no Porto do Funchal.

Importa ainda lembrar que em 2019 o Terminal de GNL de Sines ultrapassou os 4 milhões de toneladas, o melhor resultado desde a sua entrada em exploração em 2004, representando um crescimento homólogo de 44,5%, face a 2018.

O mais visto