Prémio Nacional de Agricultura distinguida cooperativa do Alentejo Litoral

No passado dia 22 de Janeiro, decorreu acerimónia de entrega das distinções da 7.ª edição do Prémio Nacional deAgricultura 2018. Uma cerimónia que contou com a presença do Ministro daAgricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos.

Este prémio que galardoou várias empresas e agricultores que se candidataram a este prémio que tem como objectivo promover, incentivar e premiar os casos de sucesso da agricultura portuguesa.

No que diz respeito ao Alentejo, foi galardoadaa AlenSado, Cooperativa Agrícola do Sado, CRL, de Alvalade, com uma MençãoHonrosa na Categoria Associações/Cooperativas.

António Raposo, que assume funções de gestão na AlenSado, Cooperativa Agrícola do Sado, CRL desde a sua fundação, explica que resolveram fazer uma candidatura aos Prémios “tendo ficado muito satisfeitos quando fomos seleccionados e ainda mais quando recebemos esta Menção Honrosa que significa o reconhecimento de 22 anos de trabalho”. O peso desta distinção é significativo “pois trata-se de um prémio nacional e como tal é com grande satisfação que o recebemos pois é o reconhecimento do nosso bom trabalho, dando-nos alento para continuarmos neste caminho e assim fazer jus a esta Menção Honrosa” acrescenta o responsável pela cooperativa agrícola.

A AlenSado, Cooperativa Agrícola do Sado, CRL foi fundada no dia 16 de Janeiro de 1997, por um grupo de 12 agricultores, a maioria dos quais produtores de tomate. Trata-se de uma cooperativa agrícola mista, com o setor hortícola e dos cereais.

Como missão a AlenSado, Cooperativa Agrícola doSado, CRL  aposta na criação dascondições favoráveis para as práticas agrícolas e para a comercialização dasproduções, tendo como lema “Agricultura, Qualidade, Ambiente”.