Primeiro Ministro reage à morte do Bombeiro de Cuba e deixa mensagem de “solidariedade, incentivo e agradecimento”

Conforme ODigita.pt avançou, faleceu, esta quinta-feira, o Bombeiro da Corporação de Cuba, que ficou gravemente ferido no incêndio de Castro Verde, que ocorreu a 13 de Julho.

O Primeiro Ministro, António Costa, emitiu esta tarde uma nota de pesar, que passamos a transcrever na íntegra:

“Foi com profunda consternação que tomei conhecimento da notícia do falecimento do bombeiro Carlos Carvalho, que havia ficado ferido com gravidade no combate às chamas no incêndio de Castro Verde. Após vários dias a lutar pela vida, Carlos Carvalho acabou por não resistir. Neste momento de profunda dor, os meus pensamentos estão com a família, os amigos e a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cuba.

Em meu nome e em nome do Governo, apresento os meus sinceros sentimentos.

Uma palavra de solidariedade também para com os restantes Bombeiros que ficaram feridos naquele combate, a quem desejo as sinceras melhoras.

Transmito aos Bombeiros e a todos quanto estão empenhados no combate aos incêndios uma palavra de solidariedade, incentivo e agradecimento pelo trabalho que realizam por Portugal e por todos nós.”

O mais visto