Prisão preventiva para um dos quatro indivíduos detidos segunda-feira em Borba

Os quatro indivíduos detidos na passada segunda-feira, em Borba, na sequência da mega operação da Guarda Nacional Republicana contra o tráfico de droga, foram ouvidos esta quarta-feira no tribunal de Vila Viçosa.

Os interrogatórios já terminaram de noite, tendo o tribunal decretado prisão preventiva para um dos indivíduos, os restantes três ficaram com termos de identidade e residência, com obrigação de se apresentarem periodicamente no posto da GNR de Borba e estão proibidos de se ausentarem de Borba.

Recordamos a mega operação de segunda-feira foi o culminar de uma investigação por tráfico de estupefacientes, que decorria há 11 meses. Foram apreendidas 100 doses de cannabis; 20 doses de cocaína; 13 doses de heroína; 850 gramas de tabaco avulso; Duas viaturas; 13 telemóveis; Três navalhas utilizadas no corte do produto estupefaciente; Dois computadores e dois tablets; 14 caixas com medicamentos, utilizados para misturar no produto estupefaciente; Dois moinhos.

A GNR referiu na altura qur “durante as buscas foram ainda apreendidas duas armas proibidas que se encontravam na posse dos detidos, nomeadamente um punhal e uma catana.”