Projecto piloto no Baixo Alentejo vai dar formação melhor assistência dos partos a caminho do hospital

No Baixo Alentejo está a ser desenvolvido um projecto piloto, que visa o desenvolvimento de competências para os Enfermeiros do INEM e dos serviços de urgência e emergência extra hospitalar, na área dos cuidados às grávidas e recém-nascidos.

Este projecto está a ser desenvolvido pela Direcção de Enfermagem da Unidade Local de saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) em parceria com a Direcção de Enfermagem do INEM e será tutelado pelo Serviço de Obstetrícia da ULSBA.

Segundo a informação disponibilizada, “este projecto formativo, permite a actualização e desenvolvimento de competências dos Enfermeiros da ULSBA e do INEM, na área da saúde materno infantil, garantindo assim a qualidade e segurança dos cuidados de enfermagem prestados em ambiente extra hospitalar.”

A área de influência da ULSBA apresenta uma grande dispersão geográfica, o que levanta grandes dificuldades de acesso aos cuidados de saúde, em especial às grávidas, existindo alguma casuística de partos extra hospitalares, que são garantidos pelas equipas de emergência médica do INEM e pelas equipas médicas dos Serviços de Urgência Básica (SUB).

A ULSBA e o INEM, ao abrigo do protocolo de gestão e operação conjunta, garantem o socorro pré-hospitalar na sua aérea de influência com os seguintes meios de emergência médica: VMER de Beja, integrada no Serviço de Urgência Médico Cirúrgica, em Beja; Ambulância SIV de Castro Verde, integrada no SUB Castro Verde e Ambulância SIV de Moura, integrada no SUB de Moura.

Ainda segundo a informação disponível, “estão a ser desenvolvidas várias acções de formação teórico-prática e os respectivos ensinos clínicos em ambiente intra-hospitalar, nomeadamente em bloco de partos, tutelados pela equipa de enfermagem do Serviço de Obstetrícia da ULSBA.”

Foram dados os primeiros passos para a celebração de um protocolo de colaboração entre a ULSBA e o INEM, para a promoção da interacção entre os profissionais dos Serviços de Emergência Pré-Hospitalar e de Emergência Hospitalar, que terá reflexos positivos na actividade e desempenho profissionais e melhoria na assistência prestada à população que vier a necessitar.

O mais visto