R.Monsaraz: Início da exportação de carne de porco para a China “é um passo importantíssimo para o sector”, diz Ministro da Agricultura

Foto: D.R.

O Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, afirmou que o início da exportação de carne de porco nacional para a China “é um passo importantíssimo para o sector”.

Em Reguengos de Monsaraz, na cerimónia que assinalou a saída do matadouro da Maporal dos primeiros dez contentores para a China, o Ministro realçou que a exportação neste primeiro ano tem um valor estimado de 100 milhões de euros.

Capoulas Santos sublinhou que o mercado da China é uma «alternativa muito importante» para os produtores portugueses, que “deixam de ficar dependentes do preço da superpotência suinícola que é a Espanha”. A exportação para o mercado chinês representa “uma afirmação da internacionalização da agricultura” portuguesa, acrescentou.

A abertura do mercado foi possível depois de um trabalho conjunto que vai permitir a Portugal colocar “um produto de excelência” naquele que é “simplesmente o maior mercado do mundo”. Capoulas Santos sublinhou que Portugal também já tinha aberto a exportação da carne de porco para a Coreia do Sul e para a Índia.

O Ministro afirmou também que Portugal está em negociações com as autoridades chinesas para garantir a abertura do mercado para “algumas frutas nacionais”, sendo o das uvas aquele que está mais adiantado.

As exportações de carne de porco portuguesa para a China vão movimentar um volume de negócios de 100 milhões de euros em 2019 e de 200 milhões de euros em 2020. Os primeiros dez contentores, com 270 toneladas de carne de porco, devem chegar à província chinesa de Hunan dentro de um mês.

Fotos:D.R.