Redondo recebeu o 1º espectáculo, com público, do pós-confinamento. Autarca anuncia mais eventos até Setembro

O renovado Jardim Municipal de Redondo recebeu, esta sexta-feira (31 de Julho), o primeiro espectáculo ao ar livre do pós-confinamento e que assim deu início a um ciclo cultural que percorrerá o concelho.

Na noite, amena, de sexta-feira, estiveram em palco os Trovadores de Redondo, que interpretaram os temas mais conhecidos do seu reportório, incluindo a dança do Galo.

Um evento que contou com mais de 80 pessoas na sua assistência, que cumpriram todas as regras de segurança sanitária, nomeadamente o distanciamento físico e o uso de máscara.

ODigital.pt falou com o Presidente da Câmara Municipal de Redondo, António Recto, que começou por falar desta nova realidade dizendo que “é uma força da situação que estamos a viver, é uma nova realidade que estamos a viver e a pandemia a isto impõe”, acrescentando que “para mantermos alguma actividade cultural tem que ser assim, tem que ser com regras, aliás isto foi articulado com a saúde pública, comunicamos, aconselhamos, definimos a regras de acordo com as indicações da DGS para a realização deste espectáculo”.

Já sobre a noite vivida, António Recto salienta que “tínhamos 80 cadeiras estavam completamente cheias e tínhamos outras tantas pessoas fora das cadeiras, pois isto é uma área reservada com uso obrigatório de máscaras e com o afastamento recomendado pela Direcção Geral de Saúde.”

Já sobre o ciclo cultural que a autarquia está a promover, António Recto, refere que “este é o primeiro espectáculo de outros que se vão realizar, para já só com a prata da casa, isto vai levar-nos uma série de fins de semanas, porque temos aqui um conjunto de associações culturais e de óptima qualidade que permitem animar uma noite seja lá o que for, hoje foi no Jardim Público, mas outros espectáculos se vão fazer noutras zonas da vila, como também noutras povoações do concelho. Depois vamos ver como é que isto vai terminar já no mês de Setembro, se já há  possibilidade ou não de fazermos um espectáculo diferente e com muito mais público do que aquele que a situação nos obriga.”

O edil destaca que, “estamos nesta fase de desconfinamento e o pessoal está bastante saturado de estar em casa, ao criamos estes motivos para que as pessoas saiam e possam conviver uns com os outros, porque se não, até nos esquecemos da maneira como convivemos.”

Questionado se todas as Associações e Grupos do concelho tinha aderido a este repto lançado pela Autarquia, António Recto salientou que “uns de uma forma, outros de outra, uns ao vivo outros online. Todos os grupos do concelho de uma maneira geral aderiram, todos vão participar nestas iniciativas nos fins de semana.”

Já sobre o facto de, em simultâneo, se promover o espaço público, o Autarca referiu que “vamos fazer vários espectáculos dentro da vila de Redondo e depois vamos sair, vamos para as povoações, até vamos correr o risco de haver dois espectáculos dois espectáculos no mesmo fim-de-semana em povoações diferentes, isto para todos terem, já que não há as festas de verão pelo menos que haja uma animação durante um fim-de-semana. O que pretendemos é levar às localidades é cultura.”

O mais visto