“Reguengos de Monsaraz é realmente um oásis de prosperidade”, diz Ministro da Agricultura na inauguração da Exporeg (c/som)

O Ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, presidiu, hoje, à abertura da EXPOREG19 – XXVII Exposição de Actividades Económicas e XXIV Exposição de Pecuária.

Após a inauguração e em conversa com os jornalistas destacou que “este é um evento em que eu tenho participado regularmente, tenho assistido à sua evolução, à sua afirmação, como uma montra, não só da actividade económica do concelho de Reguengos de Monsaraz, mas também de toda a região envolvente, como tive oportunidade de referir à pouco”.

Sobre o concelho, disse que “Reguengos de Monsaraz é realmente um oásis de prosperidade e isso muito se deve à actividade agrícola e dentro da agricultura, muito particularmente à vinha e ao vinho”.

Fundamentou esta afirmação, realçando que “aqui estão instaladas algumas empresas individuais de grande renome, uma adega cooperativa que representa cerca de mil produtores, que é provavelmente a maior empresa do concelho, e que sendo uma cooperativa é simultaneamente uma grande empresa agrícola, muito tem contribuído para a divulgação do nome de Reguengos e tendo feito chegar a várias partes do mundo os vinhos portugueses que cada vez mais se afirmam, que batem recordes de exportação, que anualmente têm vindo a progredir em valor e que cada vez mais são considerados produtos de grande referência no mundo dos vinhos”.

Além da importância no sector vinícola, disse ainda que “Reguengos de Monsaraz não é só o vinho, é um município que tem um vasto património cultural, edificado e não edificado, que beneficia agora da actividade turística do Lago Alqueva, que tem sabido aproveitar, sei que uma das suas praias fluviais acabou recentemente de ser reconhecida como uma das melhores do país, e que vive, tal como penso que acontece um pouco por todo o país, um bom momento, de optimismo e confiança no futuro, que se representa nestas ocasiões em que os expositores que representam a vida social e económica do concelho exibem aquilo que de melhor têm e partilham com todos os reguenguenses que hoje visitam o concelho, como é o meu caso, com muito prazer”.