Reitora da Universidade de Évora disse que a concessão da Quinta de Valverde é uma forma de a manter edificada

Conforme noticiámos, foi assinado, esta sexta-feira, o contrato de concessão da Quinta do Paço de Valverde, no âmbito do Programa Revive.

A sessão de assinatura do contrato de concessão contou com intervenções de Ana Costa Freitas, Reitora da Universidade de Évora, Rita Marques, Secretária de Estado do Turismo e Shahenaz Sadruin Ibrahim Ali, Diretora da SABIR Investimentos, empresa a quem foi concessionado o imóvel.

Em declarações à imprensa, a Reitora da Universidade de Évora, Ana Costa Freitas, começou por referir que com esta concessão “objetivo não era tanto o que é que nós lucramos com isto na nossa universidade, era mais como é que nós conseguimos manter este edificado para a região poder desfrutar, pois, nós não conseguiríamos nunca na universidade e por isso nós fomos ajustando com o Turismo de Portugal as condições do caderno de encargos de modo a garantirmos que conseguimos concessionar o imóvel”.

Ana Costa Freitas refere ainda que os empresários que agora vão explorar o imóvel têm a “preocupação de garantir que isto é posto no mapa e que toda gente que não conhece este espaço o passe a conhecer, até mesmo as pessoas de Évora” acrescentando que é intenção dos investidores “recuperar as coisas exatamente como estão, porque nós dizemos que os quartos são pequeninos, mas há um turismo específico para este modelo e eu acho que eles têm sensibilidade para isso portanto”.

A Reitora da Universidade de Évora realça que “uma das coisas importantes é a recuperação do edificado e uma preservação do espaço, isso para mim era fundamental”, recordando que “agora recuperamos as capelas, ganhámos agora um projeto de Valorizar, que é para recuperar a parte que está dentro do aqueduto, mais os circuitos hidráulicos, aquela casa da água e a obra começa já na segunda-feira, mas fica muita coisa por recuperar e por isso que não havia hipótese nenhuma de nós alguma vez podermos recuperar”.

Ana Costa Freitas conclui destacando o fato de com construção deste hotel, as pessoas passam a conhecer “este espaço da universidade, isto vai dar uma nova vida aqui e faz com que as pessoas procurem este espaço e vejam que há aqui uma universidade, que aqui há investigação a decorrer, que há aulas, que há alunos”.

Read more...
Read more...