Secretária de Estado da Educação visitou obras de escola de Elvas e diz que “será referência no distrito de Portalegre e exemplo a nível nacional” (c/fotos)

Na passada terça-feira, 14 de Janeiro, à margem das cerimónias militares dos 361 anos da Batalha das Linhas de Elvas, ocorreu uma visita às obras da Escola Básica 2,3 nº 1 de Elvas, em Santa Luzia.

Uma visita que contou com a presença da Secretária de Estado da Educação, Susana Amador, o Presidente da Câmara Municipal de Elvas, Nuno Mocinha, o Presidente da Comissão de Coordenação e desenvolvimento Regional do Alentejo, Roberto Grilo, entre outros autarcas da região.

Após a visita, Nuno mocinha disse à imprensa que “esta obra está na primeira fase, neste momento já termos um investimento realizado de cerca de 1 milhão de euros está a decorrer o seu período normal, é uma obra para 24 meses, começou em Agosto do ano passado e está perspectivada estar concluída para o ao escolar 2021/2022, quer dizer que para o verão de 2021, se tudo correr como está a correr neste momento, estaremos em condições de abrir esta escola, para os professores, para os alunos, para toda a comunidade escolar usufruir destas novas instalações”.

O autarca referiu ainda que  “o financiamento está completamente assegurado, estamos a falar de uma obra que na sua globalidade entre obra, acessos e equipamentos são 7,7 milhões de euros, aquilo que temos é apoio por um lado do ministério da educação, por outro lado dos fundos comunitários e também o financiamento por parte da câmara que como é sabido, o município para que não houvesse nenhuma falha em termos de tesouraria contraiu um empréstimo. Empréstimo esse que neste momento não está utilizado

Por sua vez a Secretária de Estado da Educação, Susana Amador, salientou que  “no fundo é uma escola século XXI com laboratório, salas de aula modernas e que serão bem apetrechadas, é uma escola que será referência no distrito de Portalegre e exemplo a nível nacional”.

O mais visto