Serpa: A partir de outubro as urgências do Hospital de Serpa funcionam por campainha. População vai manifestar-se

O Serviço de Urgências do Hospital de São Paulo, em Serpa, vai sofrer alterações no horário de funcionamento, já a parti do dia 1 de outubro.

De acordo com uma comunicação do Conselho de Administração da Santa Casa da Misericórdia de Serpa, a partir de 1 de outubro, “o período entre as 00h00 e as 08h00, o Serviço de Urgência funcionará mediante chamada, através da utilização de uma campainha localizada no exterior do edifício, garantindo a observação médica para todos os utentes que necessitem de recorrer a este serviço”.

A Misericórdia de Serpa justifica esta alteração com a “extrema necessidade de afectaçao de recursos que, num período tão critico como o que estamos a passar, são cada vez mais escassos”.

Ao que sabemos, esta alteração não está a ser do agrado da população de Serpa. A Comissão de Utentes já veio a público considerar esta alteração como uma “afronta à população nos tempos que vivemos, numa emergência sanitária, querer diminuir o acesso ao Serviço Nacional de Saúde.”

A referida Comissão refere ainda que “a decisão do CA de Santa Casa evoca a falta de recursos situação que esta comissão vem alertando mesmo antes da passagem da gestão para esta entidade. Desde pelo menos 2012 que nos tentam roubar o acesso a saúde nesta unidade.”

Perante esta alteração de horários, a Comissão de Utentes convocou para esta segunda-feira, um protesto junto ao Hospital de S.Paulo de forma a mostrar o seu desagrado com a situação.