“Temos em carteira mais um conjunto de projectos” que “vão acrescentar muito valor ao concelho”, disse Autarca de Estremoz (c/som)

Como já noticiámos, a Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, deslocou-se esta terça-feira, ao concelho de Estremoz para visitar duas obras que estão a decorrer na região, nomeadamente em Veiros e na cidade de Estremoz.

No decorrer desta visita, o Presidente da Câmara Municipal de Estremoz, Francisco Ramos, prestou algumas declarações aos jornalistas, onde falou sobre as obras a realizar no concelho.

O Autarca referiu que “são projectos financiados no âmbito do 2020, temos ao nível do PEDU da parte central do Rossio junto à câmara, onde se desenvolve o mercado semanal, temos o projecto desde a Fonte das Bicas até à Igreja de São Francisco e a rua pedonal onde vai nascer em breve o museu do Azulejo”, acrescentando também que “temos também às portas de Santa Catarina uma reabilitação de todo aquele espaço, onde vai ficar o instalado um monumento ao boneco de Estremoz, isto âmbito do PEDU.”

O Edil destaca ainda que “para além disso temos em carteira mais um conjunto de projectos, uns de maior dimensão e outros de menor dimensão, mas que vão acrescentar muito valor ao concelho”.

Questionado sobre datas para todos esses projectos, Francisco Ramos refere que “neste momento estamos apenas à espera do visto do tribunal de contas”, pois “a generalidade dessas obras já têm projecto feito para poder lançar o investimento”.