Usa o telemóvel durante a condução? 70% dos portugueses fazem-no

A Liberty Seguros e a Prevenção Rodoviária Portuguesa (PRP) apresentaram hoje os dados sobre a utilização de telemóveis durante a condução extraídos do estudo “Global Driving Safety Survey”, desenvolvido pela Liberty Mutual para avaliar o comportamento e as atitudes dos condutores em seis países onde a seguradora está presente – Portugal, Espanha, França, Irlanda, Reino Unido e Estados Unidos.

Este estudo, que teve em consideração as respostas de 5004 europeus (1000 portugueses, 1006 espanhóis, 1006 franceses, 992 irlandeses e 1000 britânicos) e 3006 norte-americanos, concluiu que os portugueses estão entre os condutores que mais utilizam o telemóvel enquanto conduzem – 74% – seguidos por 67% dos irlandeses e dos norte-americanos, 58% dos franceses, 55% dos espanhóis e 47% dos britânicos.

Analisando a utilização do telemóvel durante a condução por gerações, do total de entrevistados, 83% são millennials, 76% são da geração X e 62% são baby boomers.

Quanto às formas de utilização do telemóvel, 69% dos portugueses inquiridos admitem olhar para mensagens e chamadas que estão a receber, 52% olham para as notificações, 26% lêem e-mails e mensagens, 25% fazem e enviam mensagens de áudio, 20% utilizam apps, 19% enviam e-mails e mensagens e 18% utilizam apps de redes sociais. Ao mesmo tempo, apenas 13% dos portugueses inquiridos garantem que colocam o telemóvel fora do alcance durante a viagem de carro. Já no que diz respeito ao volume do toque, 73% diz ter o telemóvel a tocar, 9% em silêncio e 18% em modo vibração.