Temperaturas no Alentejo vão rondar os 40 graus nos próximos dias. DGS emite recomendações

Devido à previsão de aumento dos valores de temperatura, que poderão atingir os 37 graus em algumas zonas do Alentejo, a Direcção-Geral da Saúde (DGS) recomenda medidas de protecção adicionais, tais como procurar ambientes frescos, arejados ou climatizados e aumentar a ingestão de água.

De acordo com informação do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) vai ocorrer uma situação de tempo quente e seco em Portugal continental. Os próximos dias vão continuar com temperaturas acima do normal para o mês de maio.

Na sequência do alerta para o calor previsto para os próximos dias pelo IPMA, que antecipa valores acima de 35 graus a partir de domingo e, ao mesmo tempo, radiação ultravioleta muito elevada, a DGS recomenda à população que adopte várias medidas de protecção, principalmente as crianças, idosos, doentes crónicos, grávidas, pessoas com mobilidade reduzida, trabalhadores com actividade no exterior, praticantes de actividade física e pessoas isoladas.

Entre as recomendações, destacam-se:

  • Procurar ambientes frescos e arejados ou climatizados;
  • Aumentar a ingestão de água ou de sumos de fruta natural sem açúcar e evitar o consumo de bebidas alcoólicas;
  • Evitar a exposição directa ao sol, principalmente entre as 11 e as 17 horas;
  • Utilizar roupa solta, opaca e que cubra a maior parte do corpo, chapéu de abas largas e óculos de sol com protecção ultravioleta;
  • Evitar actividades que exijam grandes esforços físicos, nomeadamente, desportivas e de lazer, no exterior;
  • Escolher as horas de menor calor para viajar de carro. Não permanecer dentro de viaturas estacionadas e expostas ao sol.

Simultaneamente, o IPMA prevê para todos os distritos de Portugal continental e para os próximos dias, um risco muito elevado de exposição à radiação ultravioleta (UV), com excepção da Guarda que está com níveis extremos.

A radiação ultravioleta pode causar graves prejuízos para a saúde, se o nível exceder os limites de segurança. O índice desta radiação apresenta cinco níveis, entre o «baixo» e o «extremo», sendo o máximo o 11. Assim:

  • Quando o índice é considerado «alto», entre 6 e 7, é aconselhável utilizar óculos de sol com filtro UV, chapéu, t-shirt e protector solar;
  • Em regiões com índice de radiação «muito alto», entre 8 e 10, recomenda-se a utilização de óculos de sol com protecção UV, chapéu, t-shirt, guarda-sol, protector solar e evitar a exposição das crianças ao Sol;
  • Quando o índice é igual ou superior a 11, as recomendações vão no sentido de evitar o mais possível a exposição ao sol e aproveitar para descansar em casa.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13 horas em cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

O mais visto